segunda-feira, fevereiro 20, 2006

E a vida? Essa é um sonho.....




Uma gabardina preta caminha
Alheia à chuva que a molha
Entra por uma porta escura
Numa rua onde o sol se escapa

A gabardina fica então à porta
No bengaleiro, imóvel, pendurada
O seu portador arrasta-se
Enrolado em camisolas até uma sala

Murmura um "boa noite" fraco
Aos outros portadores também
Eles de negras gabardinas
Que na sala escuríssima estão

Ouve-se murmurar do outro lado
Da parede triste adornada de cores
O portador da gabardine preta
Segue para uma pequena salinha

Acende as luzes do espelho
Um novo fato, maquilhagem
E o triste portador da gabardina
Passa a príncipe da Dinamarca

Sai da salinha, o agora príncipe
Dirige-se a um pequeno corredor
Onde a luz o espera no fundo
E ouve-se "Toc, toc, toc....toc,toc,toc......toc,toc,toc....."

Um pano vermelho move-se lentamente
E a vida? Essa é um sonho....

14 Comments:

At fevereiro 21, 2006 8:09 da tarde, Blogger Cakau divagou...

Um sonho bem real.

Gosto da mistura teatral :)

Um beijinho grande *

 
At fevereiro 23, 2006 10:07 da manhã, Blogger Jorge Moreira divagou...

Belo sonho!
Beijinhos,

 
At fevereiro 23, 2006 11:48 da tarde, Blogger O Micróbio divagou...

E que não esqueça a gabardina, quando sair... :-)

 
At fevereiro 24, 2006 12:00 da manhã, Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) divagou...

Que soem então as três pancadas de Molière... CHUAC!

 
At fevereiro 24, 2006 7:21 da tarde, Anonymous Anónimo divagou...

Olá!

É a primeira vez que visito o teu blog e gostei muito do que escreves por aqui.
Fizeste-me sonhar com alguns textos e principalmente com as imagens que colocas a acompanhar os teus textos...gostei muito.

Beijinhos para ti e volatrei a visitar-te com toda a certeza

Tiago

Pedaços de Silêncio

 
At fevereiro 25, 2006 9:37 da manhã, Blogger AmigaTeatro divagou...

Um sonho que não nos permite errar...!

 
At fevereiro 25, 2006 10:48 da manhã, Anonymous el guardiam divagou...

olá Susaninha! bela imagem!

A Vida é um sonho para quem não quer ver o real! bom fds

 
At fevereiro 25, 2006 10:03 da tarde, Blogger Mónica divagou...

Olá, a imagem representa extraordinariamente bem o vazio que muitas vezes sentimos...

Eu quero acreditar que a vida não é um sonho, mas faz-se de sonhos, porque são eles que a comandam.

O pano vermelho!!!!

A única coisa que digo é que a vida não deve ser m permanente ensaio, porque quando o pano vermelho se abrir, pode já ter terminado a sessão!!!!

Viver para ser Feliz...

Beijos

:)

 
At fevereiro 26, 2006 6:55 da tarde, Blogger menina graça divagou...

O ambiente do teatro misturado com o lado irreal da vida. A vida não pode ser só um sonho, no entanto... :)

 
At fevereiro 28, 2006 2:48 da tarde, Blogger GNM divagou...

Um dia, ter-se-á que admitir oficialmente, que aquilo a que batizámos com o nome de realidade é ainda uma maior ilusão que o próprio mundo do sonho...
Dali

Deixo-te um sorriso...

 
At março 01, 2006 2:29 da tarde, Blogger Estrela do mar divagou...

...pois...a vida é mesmo isto Susana...etapas e mais etapas, todas iguais e todas diferentes...gostei deste teu poema...leva a uma boa reflexão...


Jinhossssssssss

 
At março 02, 2006 3:47 da tarde, Blogger antonior divagou...

pois é Susaninha, quantas vezes levamos a vida num sonho à boca de cena do Teatro do Quotidiano?

E quantas vezes vivemos do lado errado do espelho e sonhamos do lado certo, sem saber qual o certo ou errado, porque tudo depende só de nós?

Tenho pena de não ter tempo para vir cá mais. Também não ando a viver do lado que queria....

mas gosto sempre muito de cá vir...

Beijinhos

 
At março 07, 2006 10:53 da tarde, Blogger ana sofia divagou...

Hj, ñ sei pk, acordei e tive a consciência de estar a começar a ficar velha... p isso vim aqui em busca de refugio...
Sentia-m envolta numa gabardine profundamente negra, mas acho que agora já levantei um pocadinho a aba pra ver o sol. A vida é realmente um sonho e depende de nós que não se torne um pesadelo... Claro k uma ajudinha duma dada pastora tmb é sempre bem vinda...

Bj

 
At março 13, 2006 12:10 da manhã, Blogger Isabel José António divagou...

Muito subtíl, este jogo entre o sonho e a realidade! Diriam muitos dos que se julgam sábios, que a verdadeira realidade é a outra... Mas talvez os que realmente SABEM dissessem: não há diferença entre o sonho e o REAL para aquele que está DESPERTO - SAMSARA É NIRVANA!

Isabel

 

Enviar um comentário

<

<< Home