quarta-feira, novembro 16, 2005

Chuva




(dedicado a uma romântica incurável - Ana (Blog dela) - k encontres rapidamente o teu príncipe encantado miga)


Chove, não me importo
A chuva faz-me sentir viva
Molhar-me, dançar à chuva
Ser criança, sujar-me

E sentir a dádiva do céu
Como um doce sagrado,
Num beijo molhado...

2 Comments:

At novembro 17, 2005 11:45 da manhã, Blogger Eremita Baptista divagou...

bonita foto...a chuva é muito saudosista...e introspectiva...é bom para escrever poesia...

 
At novembro 18, 2005 12:32 da tarde, Blogger Estrela do mar divagou...

...eu gosto de ver chover...sabes...quando era criança chegava a andar na rua de chapéu aberto à chuva...sem a minha mãe saber...a chua tem algo de fascinante...


Tem um bfs.

Beijinhos.

 

Enviar um comentário

<

<< Home